Polícia de SP prende mecânico que guardava granada em casa

Homem também foram encontrados um revólver, cocaína, crack e maconha

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

14 de junho de 2011 | 19h28

SÃO PAULO - Um mecânico acabou preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes na região da Freguesia do Ó, Zona Norte de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira, 13. O homem foi denunciado por moradores do próprio bairro.

 

Uma viatura da Rota foi abordada por algumas pessoas na travessa Jacinto Medeia, que denunciaram um homem "loiro e gordo", conhecido por Julio, que estaria traficando drogas em sua residência. Quando a viatura chegou em frente à casa de Julio, o suspeito estava sentado na varanda.

 

Ele desceu até a rua para conversar com os policiais, que o informaram sobre a denúncia e pediram para fazer uma vistoria no imóvel. Foram encontradas na residência uma granada, um revólver, cocaína, crack e maconha. O mecânico afirmou que as coisas tinham sido deixadas na residência por outra pessoa.

 

Suspeita de bomba. O suspeito e os objetos foram levados para o 72º Distrito Policial, onde compareceu uma equipe do Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) da Polícia Militar para desarmar um artefato parecido com uma granada. O desarme foi efetuado no pátio do distrito.

 

O revólver era de uma marca de fabricação argentina no calibre 22, municiado com seis cartuchos, e numeração raspada. Foram apreendidos um tijolo prensado de cocaína, 67 invólucros com maconha, quatro frações de tijolo prensado de maconha, 17 invólucros em papel alumínio contendo crack, 11 papelotes e cinco tubinhos de cocaína. Das três balanças para pesar entorpecentes, duas eram digitais.

Tudo o que sabemos sobre:
SPFreguesia do Ómecânicogranada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.