Polícia Civil prende 2 por morte de filho de ex-PM da Rota

A Polícia Civil prendeu ontem o taxista Carlos Alberto Contratesi, de 46 anos, e o segurança Luiz Rodrigues Oliveira, de 45, acusados de matar na segunda-feira, na zona norte de São Paulo, o instrutor Tiago de Souza Serrão, de 29, e balear o irmão dele, o vendedor Diego, de 27. Um terceiro rapaz, de 27 anos, escapou. Serrão era filho de um ex-policial da Rota.

O Estado de S.Paulo

09 de novembro de 2012 | 02h04

A polícia chegou até os autores após analisar imagens de câmeras próximas ao local do crime, identificando o táxi e chegando ao motorista. Em princípio, Contratesi disse que foi sequestrado, mas depois assumiu a participação. Ele trocou as rodas e tirou adesivos que identificariam o táxi. Os autores, assim como a vítima, têm antecedentes criminais. A polícia descarta participação do Primeiro Comando da Capital (PCC). / W.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.