Polícia apura morte de jovem após perseguição

A Polícia Civil do Rio investiga a morte de Paulo Roberto Pinho de Menezes, de 18 anos, após perseguição policial na Favela de Manguinhos, zona norte do Rio, ontem de madrugada. Parentes do rapaz acusam PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de tê-lo espancado até a morte em um beco na comunidade. Os policiais negam. Os policiais acusados disseram na 21.ª Delegacia de Polícia (DP) que Menezes tentou fugir de uma abordagem, desmaiou e caiu no chão antes de ser capturado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.