Divulgação
Divulgação

Polícia apura estupro de menina de 12 anos em estrada de Piracicaba

Garota voltava sozinha de festa pela Rodovia Comendador Mário Dedini, no interior de São Paulo, e alega ter sofrido violência sexual

Rene Moreira, Especial para o Estado

30 Maio 2016 | 14h58

FRANCA - Uma garota de 12 anos diz ter sido vítima de estupro ao lado de uma rodovia de Piracicaba, no interior de São Paulo. A ocorrência foi registrada neste domingo, 29, após a vítima ser localizada de madrugada correndo às margens da pista por funcionários da concessionária responsável pelo trecho.

O caso foi registrado na Rodovia do Açúcar, como é conhecida a Rodovia Comendador Mário Dedini (SP-308), no trecho em direção a Taquaral. À polícia, a menina contou que foi à uma festa com uma amiga, mas que na volta teve de seguir sozinha em parte do trajeto até sua casa.

No caminho foi abordada por um homem, que a obrigou a entrar em seu carro. Ela foi então levada a uma estrada de terra às margens da rodovia, onde teria sido vítima de violência sexual.

A estrada fica perto do câmpus da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), e o carro do agressor seria um Fiat Palio preto. Após ser socorrida por uma equipe da concessionária, a garota foi levada à delegacia onde caso é investigado. 

Números. Em Piracicaba, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, os casos de estupro aumentaram 44% nos quatro primeiros meses deste ano, variando de 9 para 13 em comparação a igual período do ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.