Polícia apura assaltos feitos por jovem

Foto do adolescente acusado de matar Victor Hugo está sendo mostrada para outras vítimas do Belém; polícia também ouve parentes

O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2013 | 02h07

O delegado André Pimentel, titular do 81.º Distrito Policial (Belém), afirmou que a polícia levanta outros crimes que o jovem acusado de matar Victor Hugo Deppman pode ter cometido. Sua foto está sendo mostrada a vítimas para descobrir se é responsável por outros assaltos na região. "Mostramos a imagem dele para todas as pessoas que chegam aqui", disse o delegado.

A polícia também está ouvindo parentes do adolescente, que se entregou às autoridades na quarta-feira à noite. Seu irmão o teria definido como fechado e disse que havia admitido o crime. Menor de idade quando cometeu o assassinato - faz 18 anos hoje -, o jovem também está sendo ouvido pela Vara da Infância e da Juventude. Ele foi levado ao Fórum da Infância e Juventude pela mãe (veja abaixo), para quem "foi ele quem fez e vai pagar por isso".

Já a mãe de Victor Deppman considera que se trata de uma oportunidade para rediscutir a redução da maioridade penal no País. Colegas do estudante fizeram ontem uma manifestação na Avenida Paulista, cobrando justiça e o fim da impunidade no País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.