Polícia apreende mais de 1 mi de produtos ilegais na Feira da Madrugada, em SP

Até o momento, foram vistoriadas 2.700 lojas /boxes; ainda faltam 2 mil

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

18 de agosto de 2011 | 21h59

SÃO PAULO - A Secretaria Municipal de Segurança Urbana divulgou nesta terça-feira, 18, o balanço parcial da operação de combate à pirataria, contrabando e sonegação fiscal na Feira da Madrugada, no Pátio do Pari, no bairro do Brás. Foram apreendidos 1 milhão e 100 mil produtos ilegais de pirataria/falsificação e origem duvidosa em 13 dias de trabalho. Até o momento, foram vistoriadas 2.700 lojas /boxes. Restam mais 2 mil para serem inspecionadas.

Ao todo foram identificados 800 estrangeiros e destes, 37 notificados pela Polícia Federal a deixarem o País. Os demais continuam sob análise.

Essa é a primeira fase da operação, que consiste em identificar a documentação pessoal dos lojistas e dos produtos e apreensão de mercadorias ilegais. A verificação continua nesta sexta-feira, 19, e o retorno das atividades normais de comércio na Feira do Pátio do Pari poderá ser feito em etapas ou não, de acordo com o andamento dos trabalhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.