Polícia apreende armas, granada e drogas em Mogi das Cruzes

Material foi encontrado na casa de um homem preso por tráfico e porte ilegal durante ronda na Favela do Cisne

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

31 de julho de 2009 | 08h12

Uma granada de uso restrito das Forças Armadas e dois revólveres foram apreendidos nesta quarta-feira, 29, em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo. Dois homens foram autuados em flagrante por porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os policiais militares faziam uma ronda na Favela do Cisne, por volta das 18 horas, quando abordaram duas pessoas na rua José Teles dos Santos.

 

O ajudante D.L.S., de 29 anos, que tinha em seu bolso R$ 424, falou que conseguiu o dinheiro com a venda de drogas. Seu companheiro, S.E.S., de 33, também admitiu que participava do comércio ilícito.

 

D.L.S. levou os policiais à sua casa para entregar uma pequena porção de maconha e cocaína, conforme laudo pericial preliminar no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes. No local os policiais acharam uma granada, além de dois revólveres da marca Taurus, calibres 38 e 32, e cinco cartuchos intactos. Um revólver estava com a numeração raspada e outro não tinha documentação.

 

Os dois foram autuados em flagrante no 1º DP, um por porte ilegal de arma (uso restrito e irrestrito) e tráfico de entorpecentes, e o outro por tráfico. A dupla permanece no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Mogi das Cruzes.

Mais conteúdo sobre:
Favela do Cisne

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.