JB Neto/AE
JB Neto/AE

Polícia apreende 318 kg de explosivos perto de presídio em Franco da Rocha

Três dias antes, detonadores, 300 estopins e um quilômetro de cordel explosivo foram encontrados

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

30 de novembro de 2010 | 07h08

SÃO PAULO - A Polícia Civil apreendeu 574 bananas de explosivo de demolição, com peso total de 318 quilos, escondidas em sacos plásticos a 200 metros da Penitenciária 3 de Franco da Rocha, região metropolitana de São Paulo, na noite de segunda-feira, 29. Três dias antes, na sexta-feira, 26, a Guarda Civil do município havia encontrado na mesma área 24 detonadores, 300 estopins e um quilômetro de cordel explosivo.

 

As bananas em gel, produzidas pela indústria Britanite-IBQ, foram levadas ao Distrito Policial de Franco da Rocha e devem ser retiradas ainda nesta terça-feira, 30, pela fabricante. Os policiais civis chegaram aos explosivos após investigar a origem dos detonadores, estopins e cordel apreendidos pela Guarda Civil.

 

"Encontramos os explosivos numa viela no meio do mato", disse o delegado titular Luis Roberto Faria Hellmeister. Na área da apreensão ficam a Penitenciária 3 de Franco da Rocha e um Centro de Detenção Provisória. Segundo Hellmeister, dois homens estavam próximos ao material apreendido e fugiram correndo em direção ao Parque Estadual do Juqueri.

Tudo o que sabemos sobre:
policiaexplosivosFranco da Rocha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.