Polícia apreende 299 placas de veículos em favela em Osasco

Ação desmalntela esquema de clonagem de placas e prende dois jovens, um de 14 e um de 18 anos

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

15 de agosto de 2007 | 08h13

Policiais militares da 2ª Companhia do 42º Batalhão acreditam ter desmantelado, por volta das 2h desta quarta-feira, 15, no município de Osasco, na Grande São Paulo, um esquema de clonagem de placas de veículos. Um adolescente de 14 anos e um rapaz de 18 anos foram detidos em flagrante.   Em patrulhamento pela Rua Vicente Rodrigues da Silva, no Jardim Piratininga, próximo da Rodovia Castelo Branco, os policiais da viatura M-42216 desconfiaram de um pedestre e o abordaram, mas o suspeito correu. Detido, o rapaz encaminhou os policiais até a residência nº 122 da Favela do Flamenguinho, localizada na mesma rua.   No interior da casa, a PM encontrou 299 placas de veículos, sendo 60 vermelhas - usadas em táxis e veículos comerciais - e 239 cinzas, utilizadas em veículos de passeio. Parte das placas, segundo a polícia, estava totalmente em branco e parte apenas com as tarjetas, nas quais constava a estampa "SP - São Paulo".   Além das placas, foram apreendidos dois radiotransmissores do tipo HT, vários equipamentos usados em laboratório, entre eles dois microscópios, tudo aparentemente roubado, um revólver calibre 38 e uma cartucheira calibre 28. A dupla foi encaminhada à Delegacia Seccional de Osasco.   Acredita-se que o imóvel era utilizado apenas para esconder os objetos ou então servia como depósito e base de distribuição de criminosos envolvidos em clonagem de placas de veículos. A polícia agora vai investigar como essas placas foram parar na favela.

Tudo o que sabemos sobre:
Placas de veículosclonagem de placas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.