Divulgação
Divulgação

Polícia apreende 225 kg de palmito ilegal no interior de SP

Alimento foi extraído do Parque Estadual Carlos Botelho, no Vale do Ribeira, e levado para um sítio

estadão.com.br,

08 de fevereiro de 2012 | 18h08

SÃO PAULO - Cerca de 225 quilos de palmito-juçara extraídos de forma ilegal foram apreendidos pela Polícia Militar Ambiental nesta segunda-feira, 6, em Juquiá, no interior de São Paulo.

De acordo com uma denúncia, o palmito foi extraído do Parque Estadual Carlos Botelho, no Vale do Ribeira, e armazenado em um sítio próximo.

No local indicado, os policiais encontraram 125 embalagens de vidro com palmito, pesando 1,8 quilo cada, e 120 tampas de pressão. No momento da abordagem, uma pessoa conseguiu fugir pela janela do imóvel. Ninguém foi preso.

Os policiais ambientais acreditam que o palmito seria revendido para bares e restaurantes da região. O caso foi registrado na Delegacia de Juquiá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.