Polícia Ambiental realiza megaoperação no interior paulista

Policiais prenderam doze caçadores e encerraram operação de combate à caça e captura ilegal de animais silvestres

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

06 de abril de 2011 | 03h29

SÃO PAULO - Doze caçadores, entre eles um sargento reformado dos bombeiros, foram detidos, nesta terça-feira, 5, durante uma operação da Polícia Militar Ambiental nas cidades de Assis, Pedrinhas Paulista, Tarumã e Cruzália.

 

Um efetivo de 60 policiais, em 21 viaturas, encerrou a operação de combate à caça e captura ilegal de animais silvestres com um saldo de apreensão de: 140 quilos de carne de capivara, dezenas de pássaros silvestres, 39 armas, sendo diversas espingardas - uma delas com mira telescópica -, munição, uma máquina para recarregar cartuchos, armadilhas, arpões, tridentes e uma lança especial para capturar jacarés.

 

O sargento, detido em casa na cidade de Assis, e os demais caçadores pagaram cada um fiança de R$ 500,00 e responderão judicialmente, em liberdade, pelo crime ambiental. A polícia ainda não sabe informar se o policial militar aposentado comercializava as aves.

 

Os dados da operação foram encaminhados para a cidade de Assis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.