Polícia acha ossada atrás de sítio do goleiro Bruno

Atleta é réu no caso do desaparecimento de Eliza Samudio; corpo encontrado é do sexo masculino

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

16 de outubro de 2010 | 13h41

Uma ossada humana foi encontrada atrás do sítio do goleiro Bruno, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte, na manhã de hoje, 16. Mas ao chegar ao local, o delegado do Departamento de Investigação de Homicídios de Proteção  à Pessoa (DIHPP), Edson Moreira, que cuida do caso, constatou se tratar do corpo de uma pessoa do sexo masculino.

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, a chuva na região deixou evidente a ossada, e uma denúncia anônima levou a polícia a sua localização exata. Um perito descartou a hipótese dos restos mortais serem de Eliza, por serem de um homem. A ossada  será encaminhada ao Instituto médico Legal (IML) de Belo Horizonte, para identificação.

O goleiro Bruno é réu no caso do desaparecimento de Eliza Samudio. A vítima - dada como morta - tentava provar na Justiça que o ex-capitão do Flamengo é pai do filho dela. Testemunhas do caso foram ouvidas nessa semana pela Justiça de Minas Gerais, e a  caseira do sítio do goleiro confirmou que Eliza esteve no local entre os dias 7 e 10 de junho. Bruno nega participação no sumiço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.