PMs que omitiram ajuda são condenados

Os PMs acusados de envolvimento na morte do coordenador da ONG AfroReggae Evandro da Silva, de 42 anos, em 2009, foram condenados por prevaricação. O capitão Dennys Bizarro recebeu pena de 1 ano e o cabo Marcos de Oliveira, de 6 meses, em regime aberto. Os dois omitiram socorro à vítima, não impediram que os assaltantes fugissem e ainda tomaram para si os objetos roubados, conforme ação flagrada por câmeras. O MP vai recorrer.

, O Estado de S.Paulo

16 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.