PMs envolvidos em agressão a estudante da USP são afastados

Aindicância que apura o ocorrido será concluída em até 60 dias; agentes já foram ouvidos

estadão.com.br,

09 de janeiro de 2012 | 20h10

SÃO PAULO - A Polícia Militar afastou nesta segunda-feira, 9, dois policiais envolvidos em uma discussão que terminou com a agressão a um estudante no campus da Universidade de São Paulo (USP).

O vídeo que mostra a agressão foi publicado na internet no início da tarde de hoje. O comandante-geral da PM, coronel Álvaro Batista Camilo, ordenou o afastamento dos policiais das ruas assim que assistiu ao vídeo.

O sargento da Polícia Militar André Luiz Ferreira e o soldado Rafael Ribeiro Fazolin foram ouvidos em sindicância, que será concluída em até 60 dias. Até lá, os PMs não voltarão às ruas. Outros dois policiais assumirão os postos dos agentes afastados.

Tudo o que sabemos sobre:
PMagressãoUSPafastado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.