PMs e camelôs entram em choque em protesto na 25 de Março

Cerca de 300 ambulantes tentavam obrigar lojistas a fechar as portas; segundo polícia, não houve feridos

Gabriel Pinheiro, estadao.com.br

02 de dezembro de 2009 | 17h25

 

SÃO PAULO - Cerca de 300 vendedores ambulantes entraram em choque com homens da Polícia Militar (PM) nesta quarta-feira, 2, durante mais um protesto na região da Rua 25 de Março, no centro de São Paulo.

 

 

Segundo a PM, o tumulto começou às 9 horas. Os manifestantes tentavam obrigar lojistas da área a fechar as portas. Policiais militares tiveram de usar gás lacrimogêneo para conter o tumulto. Não houve registro de feridos. De acordo com a PM, entre 20 e 30 pessoas envolvidas nos protestos foram levadas ao 1º DP, na Sé, para averiguação.

 

 

Texto atualizado às 20h10.

Tudo o que sabemos sobre:
SP25 de Março

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.