PMs acusados de matar menino Juan são presos

Os quatro PMs acusados do assassinato de Juan Moraes, de 11 anos, foram presos ontem. A prisão temporária havia sido determinada pelo juiz Márcio da Silva, do 4.º Tribunal do Júri de Nova Iguaçu. O advogado Edson Moreira, que defende os policiais, disse que vai recorrer da decisão. Em visita ao Rio, a ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, classificou o crime como bárbaro e elogiou atuação do governo.

, O Estado de S.Paulo

22 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.