PM troca comandantes de 20 batalhões no Rio

A Polícia Militar do Rio anunciou ontem a troca de comando de 20 batalhões. Os novos comandantes permanecerão nos cargos pelo prazo mínimo de um ano, prorrogável pelo mesmo período. O objetivo é "permitir que o oficial conheça melhor a área de atuação da unidade, suas peculiaridades e problemas". A PM não descarta mudanças nos outros 21 batalhões. A corporação está com a imagem desgastada após a prisão de 11 policiais envolvidos no assassinato da juíza Patricia Acioli, executada com 21 tiros.

O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2011 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.