PM resgata menina raptada e violentada pelo vizinho em Embu, na Grande SP

Vítima foi mantida trancada na casa do criminoso por cerca de 13 horas; acusado está foragido

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

31 Julho 2012 | 01h49

SÃO PAULO - Policiais militares da 1ª Companhia do 36º Batalhão, por volta das 23 horas de segunda-feira, 30, resgataram uma menina de 8 anos que foi raptada e estuprada pelo vizinho na cidade de Embu das Artes, região oeste da Grande São Paulo.

 

O acusado já tem várias passagens pela polícia, é usuário de drogas e continua foragido. Segundo a Polícia Militar, Luciano de Souza Viana, de 33 anos, atraiu a garota por volta das 10 horas e a levou até a casa onde mora, duas abaixo da residência dos pais da menina, no bairro Dom José. Lá ela foi violentada, agredida e quase enforcada pelo criminoso. Acionados pelos pais que, ao terem a filha desaparecida, suspeitaram de Luciano, policiais militares foram até o imóvel e entraram na casa do criminoso. A garota estava nua num dos cômodos, amarrada, amordaça, com um pano amarrado no pescoço e com a cabeça coberta por um saco plástico.

 

"Ela conseguiu respirar por um buraco que havia no saco e teve o braço esquerdo fraturado pelo acusado. Ele tentou enforcá-la, tanto que tivemos um pouco de dificuldade em retirar o pano que foi amarrado no pescoço da vítima. No local encontramos preservativos e cápsulas plásticas de cocaína.", relatou o sargento PM Carvalho. A criança foi levada para o pronto-socorro e já está fora de perigo. O caso foi encaminhado para o Distrito Policial Central de Embu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.