Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

PM reage a tentativa de assalto em ponto de ônibus e mata 3 na zona sul

Policial militar não estava fardado e aguardava coletivo na Avenida Guarujá, no Jardim Ângela, para ir ao trabalho; DHPP investiga o caso

Felipe Cordeiro, O Estado de S.Paulo

05 Dezembro 2016 | 13h23

SÃO PAULO - Três criminosos foram mortos por um policial militar à paisana que reagiu a uma tentativa de assalto em um ponto de ônibus no Jardim Ângela, na zona sul da capital paulista, na madrugada desta segunda-feira, 5.

Segundo a Polícia Militar, o agente, que não estava fardado, esperava o coletivo na altura do número 301 da Avenida Guarujá para ir trabalhar. Por volta das 4h42, um carro roubado se aproximou dele e de outra vítima para assaltá-los. O policial sacou uma arma e atirou contra o trio. O outro passageiro não se feriu.

Dois dos assaltantes morreram na hora. O outro foi socorrido a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Com eles, foram apreendidos dois simulacros de arma de fogo.

O caso foi registrado no 47º Distrito Policial (Capão Redondo) e será investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo afirmou que a ocorrência está em apuração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.