PM que foi baleado em assalto na região da Paulista morre

Soldado, que fazia segurança da agência de câmbio, reagiu e levou três tiros

Ricardo Valota, do estadão.com.br

06 de outubro de 2010 | 04h56

SÃO PAULO - O soldado Marcelo Júnior Rodrigues, de 40 anos, que era lotado no 4º Batalhão da Polícia Militar e atuava na região da Lapa, zona oeste de São Paulo, não resistiu aos ferimentos e morreu às 21h20 de terça-feira, 5, no Hospital das Clínicas, onde passou por cirurgia.

Marcelo foi baleado às 13h15 durante assalto em uma agência de turismo no n.º 2.202 da Avenida Paulista, região central de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, a vítima estaria fazendo a segurança da agência. O soldado, que tinha 14 anos de corporação, levou três tiros - um na perna e dois no tórax.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.