PM promete pôr agentes à paisana dentro dos ônibus

A PM determinou ontem que homens à paisana sejam espalhados pelas linhas de ônibus para evitar novos ataques ao transporte público. A estratégia foi elaborada depois de uma reunião na cúpula da segurança pública.

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2012 | 03h05

"Incêndios em ônibus ocorreram nas zonas norte, sul e leste, quando os carros passam por lugares ermos, com pouca gente no veículo, três ou quatro pessoas", explicou o coronel Marcos Chaves, do Comando de Policiamento da Capital.

Apesar do reforço, Chaves acredita que a situação "não é tão grave". Segundo ele, ainda não foi identificada a autoria dos ataques. "Essa facção (Primeiro Comando da Capital) foi desarticulada pelas ações policiais e os líderes estão isolados nas prisões", ressaltou. O coronel acredita que as ações podem estar sendo feitas por bandidos querendo se passar por integrantes da facção ou até mesmo por policiais ligados a quadrilhas. / W.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.