PM prende seis que assaltaram posto de gasolina em Osasco

Suspeitos trocaram tiros com a polícia enquanto tentavam fugir em Presidente Altino

Julia Baptista, da Central de Notícias,

14 de junho de 2010 | 22h41

SÃO PAULO- Seis pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Militar, na madrugada desta segunda-feira, 14, em Osasco, na Grande São Paulo. O grupo é acusado de assaltar um posto de combustíveis localizado na rua Werner Battenfeld, bairro de Presidente Altino. Durante tiroteio com policiais, dois suspeitos ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Regional.

 

Ao notar a viatura da PM, dois suspeitos fugiram em uma moto Twister preta e os demais fugiram a pé. Na tentativa de fuga, os suspeitos que estavam a pé trocaram tiros com a polícia. Um servente, de 36 anos, foi atingido no tórax e na coxa. Ele foi socorrido por um dos policiais até o Hospital Regional de Osasco.

 

Uma vendedora, de 39 anos, informou aos policiais que era companheira do servente, e foi reconhecida pelo frentista e pelo caixa do posto como participante do assalto.

 

O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Osasco como roubo, formação de quadrilha ou bando, resistência e favorecimento pessoal.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.