PM prende assaltantes de posto de gasolina no centro de SP

Grupo foi detido em um veículo roubado após perseguição pelas ruas da Liberdade e Mooca

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

25 Novembro 2011 | 02h20

SÃO PAULO - No final da noite de quinta-feira, 24, policiais militares perseguiram e detiveram seis bandidos, entre eles dois menores, próximo à Rua Mem de Sá, na Mooca, zona leste de São Paulo. Ele foram identificados por testemunha como responsáveis por um assalto a posto de gasolina na região central de São Paulo.

 

Ocupando um Toyota Corolla preto, ano 2011, roubado no último dia 22, em um estacionamento na Rua Visconde de Parnaíba, região da Mooca, os policiais cruzaram com o sexteto na Rua Bueno de Andrade, no centro. Os Pms verificaram a placa do veículo e iniciaram perseguição. O tenente da PM Fernando Ferreira, do 45º Batalhão, contou que, "quando o carro entrou na Radial Leste, efetuamos o bloqueio da via. Os bandidos abandonaram o Corolla na Rua Mem de Sá e tentaram fugir a pé, mas conseguimos deter os seis".

 

Um frentista do posto de gasolina assaltado pelo grupo, na Avenida do Estado, reconheceu todos como participantes do crime. Eles são suspeitos de participarem de outros assaltos e roubos de veículos na região central. Morador do Campo Limpo, na zona sul da cidade, o dono do Toyota ainda era procurado pelos policiais até as 2h15 desta madrugada de sexta-feira, 25.

 

Foram detidos Clenilson Targino da Silva, com o qual foi apreendido um revólver calibre 32, Roberto Azevedo da Silva, Breno Jones da Silva e Vinicius Augusto Ferreira de Aguiar, todos com 18 anos, e A.R.S e W.N.R, ambos de 18. Todos têm passagem pela polícia, e os menores pela Fundação Casa.

 

Notícia atualizada às 6h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.