PM prende acusado de estupro que fugia com toalha na cintura

Acusado violentou adolescente e tentou o mesmo com outras 3 vítimas; o cachorro de uma delas foi morto

Nathália Nhan,

06 de junho de 2012 | 23h56

Foi preso, na tarde de quarta-feira, 06, na zona norte de São Paulo, um homem de cerca de 24 anos acusado de estuprar uma garota, de 16, e de tentar outros três estupros. As ações ocorreram de forma sequencial.

 

De acordo com a Polícia Militar, a primeira tentativa ocorreu contra uma mulher de 37 anos que entrava em sua casa quando foi abordada. Ao perceber que o marido dela estava na residência, o acusado agrediu-a com um soco no rosto e a empurrou de uma escadaria de 30 degraus, deixando-a com vários ferimentos.

 

Em seguida, o agressor entrou em uma loja de equipamentos eletrônicos anunciando um roubo e obrigou uma garota de 12 anos a tirar a roupa na tentativa de mais um estupro. Ao ser abordado pela avó e pelo irmão da vítima, o acusado fugiu.

 

A alguns quarteirões dali, o agressor invadiu uma casa onde violentou uma garota de 16 anos e tentou estuprar uma menida de 7 anos, prima da adolescente. O cachorro da família, que tentou atacar o maníaco, foi morto a cadeiradas.

 

Viaturas da PM que patrulhavam o local em busca do acusado encontraram o criminoso quando este ainda fugia e corria por uma avenida, sob chuva e seminu, com uma toalha de banho amarrada à cintura.

 

Preso e reconhecido pelas vítimas, ele foi encaminhado ao 20º DP, da Água Fria, onde foi atuado em flagrante.

Tudo o que sabemos sobre:
EstuproPMadolescentecachorroflagrante

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.