PM patrulha USP há 4 meses

A PM começou a patrulhar a Cidade Universitária em setembro, depois da morte do aluno Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, em maio, durante tentativa de assalto no estacionamento da Faculdade de Economia e Administração. Em outubro, abordagem policial a três estudantes de Geografia com maconha deflagrou um protesto que terminou com a invasão do prédio da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e, depois, da Reitoria. A Tropa de Choque fez a reintegração de posse e cerca de 70 pessoas, entre estudantes e sindicalistas, foram detidos pela ocupação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.