PM ocupa um dos principais pontos de venda de drogas em Campinas

Medida faz parte da operação que aponta envolvimento de policiais civis com tráfico de drogas

Ricardo Brandt, O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2013 | 18h24

CAMPINAS - A Polícia Militar tomou no final da tarde desta segunda-feira, 15, as favelas do Jardim São Fernando, Santa Eudóxia e Paranapanema, em Campinas, um dos principais pontos de tráfico de drogas da cidade.

A ação faz parte da operação conjunta do Gaeco e da Corregedoria da polícia, que aponta o envolvimento de 13 policiais civis com o tráfico de drogas e também sequestro, extorsão e tortura.

Cerca de 100 policiais, com ajuda do helicóptero Águia e cavalaria, cumprem mandados de busca e apreensão na favela, que seria comandada pelo sequestrador Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho. Os policiais fazem revistas em populares também. Ninguém foi preso até o fim da tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.