PM ocupa morro após morte de jovem e policial

Ana Luíza Santos, de 13 anos, foi assassinada anteontem em uma lan house no Morro do Juramento, zona norte do Rio, onde morava. O suspeito é um ex-namorado de 15 anos. Também na terça, criminosos mataram um PM e feriram outro. Segundo a polícia, os atiradores são traficantes de favelas de Santa Cruz que buscaram refúgio no Juramento. Em resposta às mortes, militares do 41.º BPM decidiram ocupar o Juramento e fizeram operações em Santa Cruz que resultaram na morte de três suspeitos.

O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2011 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.