PM morre em tentativa de assalto na zona sul

Os homens que teriam cometido o crime morreram em uma troca de tiros com policiais da Rocam

EFE

10 Abril 2009 | 04h20

Um policial militar foi morto durante tentativa de assalto a uma farmácia na Vila Moinho Velho, na zona sul de São Paulo, na noite desta quinta-feira, 9. Minutos depois, os homens que teriam cometido o crime morreram em uma troca de tiros com policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam).

 

De acordo com informações apuradas pela Polícia Civil, o soldado Carlos Antônio Oliveira, de 45 anos, estava na Farmácia Copacabana Ltda, na altura do número 1.420 da Via Anchieta, quando o local foi invadido por dois ladrões, por volta das 19h30. Ainda não se sabe o motivo pelo qual os bandidos atiraram contra o policial, da 1ª Companhia do 46º Batalhão.

 

O soldado chegou a ser socorrido e levado ao Pronto-Socorro (PS) Heliópolis, mas não resistiu aos ferimentos. A assessoria de imprensa da PM não forneceu mais detalhes sobre o caso, que foi registrado no 95º Distrito Policial (Cohab Heliópolis).

 

Troca de tiros

Depois da tentativa de assalto, os dois bandidos teriam fugido pela Via Anchieta, pegado a Avenida dos Bandeirantes e em seguida acessado a Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos. Perto da ponte do Morumbi, a dupla percebeu a aproximação de policiais em duas motos da Rocam e reagiu. Durante a troca de tiros, os dois bandidos foram baleados. Eles foram socorridos ao PS Campo Limpo, mas morreram em seguida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.