PM fica ferido e 10 pessoas morrem na madrugada

A madrugada de sábado foi violenta na capital paulista e no ABC. Dez pessoas morreram baleadas e oito ficaram feridas. Apenas um caso teve um policial como alvo: na zona norte da capital, um PM foi ferido durante tentativa de roubo, mas não chegou a ser baleado. O caso de maior violência aconteceu mesmo em São Bernardo, quando a polícia perseguiu um Chrysler Neon prata, roubado no dia 31. Na Rua Japão, o Chrysler parou e o cobrador de ônibus Levy Vieira da Rocha, de 23 anos, Luiz Henrique Oliveira da Cruz, de 28, e um homem não identificado desceram atirando, segundo a polícia. Os três morreram. Foram apreendidas uma metralhadora 9mm e 2 revólveres .38. Rocha foi reconhecido pelo dono do carro como autor do roubo. /VALÉRIA FRANÇA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.