PM expulsa suspeitos de tortura em 'UPP do PR'

A PM do Paraná anunciou ontem que os dois policiais suspeitos de torturar o auxiliar de pedreiro Ismael Ferreira da Conceição, de 19 anos, em março, após instalada a primeira Unidade Paraná Seguro (UPS), no Bairro Uberaba, em Curitiba, serão expulsos. O pedreiro teria sido confundido com um ladrão e levado para um local onde recebeu até eletrochoques. Negro, ele diz ter sido vítima de racismo.

O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.