PM encontra destroços de helicóptero desaparecido em Itanhaém

A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira não confirmou as informações da polícia paulista

Marília Lopes , Central de Notícias

11 Setembro 2010 | 13h28

A Polícia Militar encontrou  por volta das 11h30 da manhã deste sábado, 11, os destroços do helicóptero modelo Robinson R44, prefixo PT-YON, que estava desaparecido desde sexta-feira, 10. Os destroços foram encontrados em Itanhaém, litoral sul paulista, pelo helicóptero Águia da PM.

 

A assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira não confirmou as informações da PM, e informou que só irá se pronunciar após ter confirmações de sua equipe de buscas.

 

Na manhã de sexta-feira, o helicóptero partiu de Peruíbe, litoral sul paulista, com destino ao Campo de Marte, na zona norte da capital, com previsão de chegada por volta das 12h10.

 

No final da tarde de sexta-feira,  a assessoria de imprensa da Aeronáutica confirmou o desaparecimento do helicóptero, modelo Robinson R44 prefixo PT-YON,  que pertence a empresa "Brava" de transportes aéreos.  Ontem, a FAB trabalhou nas buscas eletrônicas, tentando contato com o helicóptero. Como não obteve éxito, hoje foi iniciada a busca aérea.

 

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que deslocou uma aeronave  de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, para fazer as buscar na região da Serra do Mar. A equipe mobilizada é especializada em buscas e resgates.

 

Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), o helicóptero desaparecido está com a manutenção regularizada, já que a próxima inspeção da aeronave, que tem capacidade para três pessoas, deveria ser realizada apenas em abril de 2011.

 

A aeronave, de acordo com o dono, tinha apenas 70 horas de voo. Além do piloto, um passageiro estava a bordo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.