PM é morto perto de casa ao reagir a roubo no Jaraguá

Soldado estava à paisana e reagiu quando dupla mandou ele entregar a moto que dirigia; ninguém foi preso

Daniela do Canto, Jornal da Tarde

10 Março 2009 | 09h49

Um policial militar foi morto por assaltantes por volta de 22 horas desta segunda-feira, 9, quando chegava em casa, na Rua D. Gertrudes Jordão, no bairro do Jaraguá, na zona norte de São Paulo. O soldado Welton Andrade, de 24 anos, pilotava uma moto Honda Titan e estava à paisana quando dois homens surgiram e exigiram o veículo. A vítima foi baleada ao tentar reagir. Ele pertencia ao 18º Batalhão e trabalhava na rua há um ano e quatro meses. O corpo do soldado foi encontrado cerca de 20 metros distante da moto. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no Pronto-Socorro de Pirituba. Um Fox prata foi encontrado a poucos metros do corpo do PM. A polícia acredita que a dupla tenha tentado roubar o carro para fugir, mas foi obrigada a abandonar o veículo porque o alarme disparou.

Mais conteúdo sobre:
PM mortoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.