PM é morto em casa durante tentativa de assalto na zona norte

Soldado Rafael Lisboa Porto trocou tiros com três criminosos, na região do Jaçanã; um dos suspeitos também foi baleado e morreu

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

06 Abril 2015 | 09h39

SÃO PAULO - O soldado da Polícia Militar Rafael Lisboa Porto morreu durante uma troca de tiros em uma tentativa de assalto à sua casa na noite deste domingo, 5, na região do Jaçanã, zona norte da capital paulista. Um dos suspeitos, ainda sem identificação, também foi baleado e morreu no local.

Com a desculpa de que iriam buscar uma bola de futebol que havia caído no quintal, três criminosos armados entraram na casa do policial, na Avenida Coronel Sezefredo Fagundes, no Jaçanã, e anunciaram o assalto. O crime aconteceu por volta das 20h40.

Segundo relata a PM, os assaltantes atiraram contra Porto assim que ele saiu da casa. O soldado reagiu, dando início a um tiroteio. No confronto, o policial e um dos suspeitos acabaram atingidos. Os demais assaltantes fugiram pelos fundos da residência.

A vítima, que pertencia ao 43.º Batalhão da Polícia Militar (43.º BPM/M), chegou a ser socorrida para o Hospital Mandaqui, também na zona norte, mas não resistiu aos ferimentos. Com auxílio do helicóptero Águia da PM, policiais fizeram buscas em hospitais da região para tentar encontrar os outros suspeitos.

Um revólver usado pelos bandidos foi apreendido pela PM na casa do soldado. O caso foi registrado no 20º Distrito Policial (Água Fria), mas será encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.