PM e iluminador de TV são atropelados na zona sul de SP

Atropelamento aconteceu em frente a uma loja de informática alvo de quatro ladrões momentos antes

Daniela do Canto, do Jornal da Tarde, e Ricardo Valota, do estadao.com.br,

26 de setembro de 2008 | 05h13

Um policial militar e um assistente de equipe da TV Globo foram atropelados por um carro desgovernado, por volta das 3h30 desta sexta-feira, 26, na Rua Sena Madureira, em Vila Clementino, zona sul da capital paulista. A equipe estava no local fazendo imagens de uma loja que havia sido alvo de ladrões momentos antes. Os ladrões tentaram fugir, houve perseguição, mas eles foram presos.   A equipe de reportagem filmava a loja SPB Informática. O estabelecimento foi alvo de quatro ladrões, divididos em dois carros, quando o iluminador Alexandre Cavalieri e um dos policiais militares que estavam no local foram atropelados pelo motorista, que ainda atingiu os veículos da Globo e da PM.   O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e acabou detido. Ele seria ouvido e seria submetido a um exame clínico no Instituto Médico Legal (IML) para constatação de uma possível embriaguez.   Com fratura em uma das pernas, o funcionário da TV Globo foi encaminhado ao Hospital das Clínicas e seria transferido para um hospital particular. O policial militar, cujo nome e estado de saúde ainda não foram informados, foi levado ao Hospital São Paulo.   Capotamento   Minutos após o furto, os quatro bandidos foram perseguidos e acabaram presos pela PM. Dois deles, em fuga bateram em uma grade de proteção, caindo na pista sentido Santana da Rubem Berta. Sem ferimentos, os dois criminosos foram detidos. Os outros dois bandidos, que ocupavam um Vectra, também foram alcançados e presos em flagrante.   Texto alterado às 11h43 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
polícia militaratropelamentoassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.