PM e GCM terão rondas e base para deter ação de flanelinhas em cemitérios

FINADOS

, O Estado de S.Paulo

01 de novembro de 2010 | 00h00

A ação dos flanelinhas será uma das principais preocupações da Polícia Militar amanhã, no Feriado de Finados, quando pelo menos 2 milhões de pessoas deverão visitar os cemitérios da capital paulista, a partir das 7 horas. Ao todo, 270 policiais militares vão fazer rondas e policiamento fixo para evitar abordagens. A intenção é impedir que as pessoas sejam extorquidas ao parar o carro na rua. O esquema de segurança contará ainda com a Guarda Civil Metropolitana. Em 16 dos 22 cemitérios municipais, considerados os mais procurados, haverá uma base da corporação estacionada. A SPTrans vai pôr em circulação 336 linhas de ônibus com frota reforçada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.