PM é encontrado morto dentro de carro na Rodovia Ayrton Senna

O corpo do policial Sílvio de Souza, de 28 anos, foi abandonado às margens da estrada, em Guarulhos, e apresentava marcas de tiros

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

06 Abril 2015 | 11h07

SÃO PAULO - O policial militar Sílvio de Souza, de 28 anos, foi encontrado morto na Rodovia Ayrton Senna, altura do quilômetro 22, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na manhã deste domingo, 5. O corpo foi abandonado dentro de um carro e apresentava marcas de tiros, segundo a Polícia Civil.

Por volta das 5h30, funcionários do Centro de Controle de Operações da Ecovias, concessionária que administra a rodovia, acionaram a Polícia Militar Rodoviária, após um Renault Sandero, de cor vermelha, ter sido abandonado na pista. Quando os policiais chegaram ao local, Souza já estava morto.

Dentro do veículo, foram encontrados documentos da vítima - que pertencia ao 38.º Batalhão da Polícia Militar (38.º BPM/M). Após falar com a esposa do PM, os policiais perceberam que o celular e arma dele haviam desaparecido.

O caso foi registrado como homicídio e será investigado pelo 8º Distrito Policial (Vila Nova Cumbica) de Guarulhos. As investigações terão apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.