Divulgação
Divulgação

PM e bombeiro são mortos durante assaltos em São Paulo

Policial de folga foi abordado em Guarulhos com trajes civis, mas foi reconhecido; bombeiro foi surpreendido em casa, na zona leste

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2015 | 09h11

SÃO PAULO - Um policial militar e um bombeiro foram mortos a tiros durante tentativas de assalto na capital paulista e em Guarulhos, na Grande São Paulo, na noite desta quarta-feira, 23. O intervalo entre as duas ocorrências foi de meia hora.

Por volta das 21h40, um PM de folga foi abordado por criminosos na região do Parque das Nações, em Guarulhos. Segundo informações da Polícia Militar, apesar de o policial estar vestido com trajes civis, os assaltantes o reconheceram, atiraram contra ele e roubaram sua arma.

O agente chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos provocados pelos tiros. Os bandidos conseguiram fugir.

Cerca de 30 minutos antes, na região Jardim Helena, na zona leste da capital, um bombeiro, também com trajes civis, foi surpreendido em casa por assaltantes armados. Após anunciarem o roubo, os criminosos levaram dinheiro, celular e objetos pessoas do agente e depois fugiram.

O bombeiro, então, apanhou uma arma e deu voz de prisão aos bandidos. Houve confronto e a vítima acabou atingida por cinco disparos. Ele foi socorrido ao Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, na zona leste, onde morreu.

Ferido no tórax, um suspeito também foi internado. Com eles, policiais encontraram um revólver calibre 38. Mais tarde, outro suspeito deu entrada em um hospital da região, com ferimentos provocados por tiros na perna e no braço. Os dois permanecem sob escolta policial.

Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaSão PauloGuarulhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.