PM do Rio investiga morte de inocente

A Polícia Militar do Rio vai investigar as circunstâncias da morte de um jovem de 21 anos em uma troca de tiros com bandidos na noite de sábado em Cordovil, na zona norte da capital fluminense. Júlio César Menezes Coelho, de 21 anos, não tinha ficha criminal e foi baleado duas vezes no peito.

Bruno Boghossian / RIO, O Estado de S.Paulo

21 Setembro 2010 | 00h00

A PM chegou a informar que o jovem fazia parte de uma quadrilha que pretendia atacar cabines policiais e assaltar motoristas na Avenida Brasil, mas corrigiu a informação horas depois. Segundo parentes, Júlio César estudava para concluir o ensino fundamental, fazia um curso de Gastronomia e trabalhava em um McDonald"s em Copacabana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.