PM diz que não há motivo para temor da população

A Polícia Militar afirmou que não há e não haverá toque de recolher em São Paulo, especialmente na região de Cidade Tiradentes. A PM disse que os boatos que circularam ontem deixaram moradores em estado de apreensão. "Porém, reafirmamos que nada há de verdadeiro nesses rumores."

O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2012 | 03h13

Segundo a PM, o policiamento em Cidade Tiradentes foi reforçado preventivamente e o que se constatou é que "a ordem pública permanece preservada". "Tudo segue dentro da normalidade", informa a PM, em nota.

Já a Prefeitura afirmou que alguns equipamentos optaram pela não abertura ao público por decisão da direção de cada unidade, influenciada por boatos. Assim que informadas, as respectivas secretarias determinaram o imediato restabelecimento das atividades.

Segundo a Prefeitura, as escolas da Diretoria Regional de Educação Guaianases (responsável por Cidade Tiradentes) abriram normalmente, com a presença de equipes de direção e professores, mas algumas famílias preferiram não enviar seus filhos às escolas e outras retiraram seus filhos ao longo do período. / W.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.