PM detém mais um suspeito de incendiar mais de 30 ônibus em Osasco

O adolescente de 17 anos foi apreendido na noite de quarta-feira, 23, quando buscava atendimento médico em Barueri por causa de queimaduras

Laura Maia de Castro, O Estado de S. Paulo

24 Abril 2014 | 07h47

SÃO PAULO - Policias militares apreenderam na noite desta quarta-feira, 23, um adolescente de 17 anos suspeito de participar do incêndio de 34 ônibus na garagem da empresa Urubupungá em Osasco na terça-feira, 22. Segundo a PM, o menor foi detido no Pronto Socorro Mutinga, em Barueri, onde buscava atendimento médico por causa de queimaduras no braço.

O suspeito foi encaminhado ao Distrito Policial e reconhecido por funcionários da empresa que foram dominados no dia do incêndio. Ele foi autuado por ato infracional de formação de quadrilha e danos.

Na terça-feira, 22, um outro suspeito tinha sido preso.Edilson Almeida Silva, de 19 anos, foi encontrado em sua casa, a um quilômetro do pátio onde os veículos foram incendiados. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é irmão gêmeo de Edenilson, que foi executado com 24 tiros na noite de segunda-feira, 21, por dois homens que desceram de um carro preto, modelo Astra, em uma praça conhecida por ser ponto de venda de drogas no bairro Parque Oeste.

Mais conteúdo sobre:
Osasco ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.