Divulgação
Divulgação

PM de serviço vai poder usar camiseta durante o verão em São Paulo

Em caráter experimental, novo uso do uniforme é menos quente e vai valer até o fim da estação, no dia 20 de março de 2016

O Estado de S. Paulo

30 de dezembro de 2015 | 17h30

SÃO PAULO - Os policiais militares de São Paulo em serviço vão poder usar camiseta para escapar o calor durante o verão. A autorização para vestir apenas a camiseta cinza bandeirante - e não a camisa tradicional do uniforme - foi anunciada pelo Comando da PM nesta quarta-feira, 30, quando entra em vigor. 

A medida valerá apenas para os dias mais quentes, em que a temperatura atinja ou ultrapasse os 30º C. "A mudança, no momento, é em caráter experimental e passa a valer desde hoje, até o fim da estação de verão, em 20 de março, quando será reavaliada para ajustes e melhorias", afirma a PM, em nota.

O novo uso do uniforme foi divulgado em uma imagem do coronel Ricardo Gambaroni, o comandante-geral da PM, trajando a camiseta.

De acordo com a corporação, a decisão de modificar o uso do uniforme operacional tem como objetivo valorizar os policiais oferecendo a eles qualidade de vida durante o turno de trabalho. "Com a nova configuração, o policial militar poderá sobrepor à camiseta apenas o colete de proteção balística, melhorando seu conforto e, consequentemente, o seu desempenho durante o policiamento", diz a nota.

Ainda segundo a PM, a mudança foi baseada em uma experiência no verão passada, realizada no litoral de São Paulo. A corporação também afirma que a alteração não prejudica a identificação do policial em serviço e que os agentes vão continuar sendo facilmente reconhecidos pela sociedade.

Mais conteúdo sobre:
Polícia MilitarVerão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.