PM coloca 850 homens nas ruas do centro de SP para conter tumultos

Avenida Paulista ganhou o reforço de 60 policiais militares na noite desta terça e madrugada de quarta-feira

O Estado de S. Paulo

16 Setembro 2014 | 20h50

SÃO PAULO - A Polícia Militar vai manter cerca de 850 homens na região central de São Paulo durante a noite e madrugada, segundo o comandante de policiamento da capital, o coronel Glauco Silva de Carvalho. O efetivo está distribuído em cinco pelotões do Choque e outros cinco da Força Tática e policiais do Comando de Policiamento da Copa (CPCopa) que foi mantido após o evento em regiões de alta concentração de pessoas.  

Ainda de acordo com o oficial, a Avenida Paulista ganhou o reforço de 60 policiais militares. Caso seja necessário aumentar o policiamento, outros 700 PMs estão de sobreaviso. "É para nós mantermos a ordem se houver a possibilidade de empregar a força", afirmou o coronel. 

Todos os pelotões estão com equipamentos antidistúrbio como capacetes, armaduras, escudos e armas de efeito moral. Por volta das 20h, no entanto, o comandante afirmou que a situação estava sob controle, mas que o efetivo permaneceria na região até que ele próprio ordenasse a retirada da tropa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.