Divulgação
Divulgação

PM apreende garotas que vestiam blusas com desenho de maconha

Dupla foi abordada em Marília, no interior de São Paulo; além das camisetas, elas portavam cigarros e porção do entorpecente

Sandro Villar, Especial para o Estado

19 Janeiro 2015 | 15h23

BAURU - Durante uma caminhada na noite de sábado, em uma avenida de Marília, no interior de São Paulo, duas garotas, de 15 e 17 anos, foram abordadas por policiais militares porque vestiam blusas com desenhos de folhas de maconha. Uma delas também carregava cigarros de maconha e uma porção da droga.

As adolescentes foram apreendidas e levadas para a delegacia acusadas de apologia ao crime e ao tráfico de drogas. As camisetas, os cigarros e a porção também foram recolhidos. Os pais compareceram à delegacia e as filhas foram liberadas. Por serem menores, as meninas responderão por ato infracional em liberdade.

O Conselho Tutelar notificará os pais até o fim da semana. "Eles (pais) serão notificados, espero que compareçam. Caso contrário, vamos na residência", declarou a conselheira Dasy Cardoso. "Vamos acompanhar o caso e tomar as medidas pertinentes", disse a conselheira. Há preocupação com o uso de drogas.

"Se elas usam drogas, serão encaminhadas para tratamento", comentou. Nem a polícia e nem o Conselho Tutelar divulgaram os nomes das garotas. "Vamos tratar isso com sigilo", completou a conselheira.  

Mais conteúdo sobre:
Maconha Marília

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.