PM apreende caminhão-tanque adulterado em SP

Veículo possui mudanças estruturais no tanque e consegue reter 579 litros de combustível a cada entrega

12 de junho de 2007 | 17h13

Um caminhão-tanque foi apreendido em Paulínia, no interior de São Paulo, na última segunda-feira, 11, após serem detectadas mudanças estruturais em seu interior que retinham parte do combustível transportado. O esquema, descoberto pela equipe de verificação do Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), fazia com que 579 litros de combustível não fossem entregues aos postos de combustível.   Os técnicos, então, chamaram a Polícia Militar. Quando os agentes chegaram, o motorista do caminhão, Diogo Ferreira Silva, fugiu. Segundo representantes da BR Distribuidora, o condutor e seu veículo serão descredenciados e não vão mais prestar serviços para a empresa.

Mais conteúdo sobre:
caminhão-tanqueadulterado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.