PM apreende 10 milhões de CDs e DVDs piratas na região da 25 de Março

Duas pessoas detidas e encaminhadas ao 1° DP; ação é parte da Operação Delegada

Priscila Trindade, estadão.com.br

26 Julho 2011 | 13h07

SÃO PAULO - A Polícia Militar apreendeu cerca de 10 milhões de CDs e DVDs piratas na região da Rua 25 de Março, no centro de São Paulo, nesta terça-feira, 26. A apreensão é resultado da Operação Delegada, que visa coibir o comércio ilegal.

 

 

Dois homens foram detidos e levados ao 1º DP (Sé). Um deles transportava mídias piratas quando foi abordado por policiais militares. Após ser questionado sobre o local em que o material foi comprado, o suspeito indicou onde adquiriu as mídias. A polícia se dirigiu para o prédio na Rua Carlos de Souza Nazaré e apreendeu aproximadamente 10 milhões de mídias no local. O porteiro do imóvel foi detido e encaminhado para a delegacia, onde prestará esclarecimentos.

 

A operação é realizada em parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, e Governo do Estado, por meio da Polícia Militar, foi iniciada em 2 de dezembro de 2009. Segundo o Comando da Polícia Militar, desde a sua implantação, nas Subprefeituras Mooca, Santo Amaro e Sé (em seguida expandida para outras 11 Subprefeituras), o convênio colaborou para redução de até 70% da criminalidade. Só na rua 25 de Março houve diminuição nos índices de roubos em 59%. Já os furtos de objetos caíram em 20%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.