PM alega roubo e mata jovem em Ribeirão

Um menino de 15 anos foi morto com um tiro, na segunda-feira, em um posto de gasolina de Ribeirão Preto. O assassino é um PM, que estava sem farda e diz ter sido vítima de roubo. Testemunhas, porém, alegam que o menino foi alvejado pelas costas ao voltar do trabalho. A OAB não acredita na versão do PM e acompanha o caso.

O Estado de S.Paulo

10 de outubro de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.