PM admite que parou carro com o corpo

A Polícia Militar confirmou que parou o Pajero TR4 de Elize Matsunaga em 20 de maio, quando ela levava o corpo do marido na mala do carro na Rodovia SP-127, em Capão Bonito. Segundo a PM, esse tipo de abordagem é de "orientação administrativa, com vistas à situação do veículo e também do condutor". Nessa situação, também é verificada a condição do motorista. A corporação informou que o licenciamento estava vencido há 20 dias, mas que só é feito o recolhimento do veículo após 30 dias de atraso.

O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.