PM acusado de estupro tem prisão decretada

A Justiça do Rio de Janeiro decretou ontem a prisão preventiva do cabo Frank Cimar Barbosa de Oliveira, de 39 anos, do 17.º Batalhão da Polícia Militar do Rio. Até a noite de ontem, Oliveira ainda permanecia foragido. Ele é acusado de sequestrar e estuprar uma mulher de 21 anos na madrugada do último domingo, em Campo Grande, na zona oeste do Rio. O cabo chegou a ser detido, mas não foi algemado e conseguiu fugir enquanto aguardava para ser qualificado criminalmente - mesmo com a presença de seis policiais civis na delegacia. A ocorrência foi registrada pelo namorado da vítima. O caso está sendo investigado também pela Corregedoria.

O Estado de S.Paulo

17 Abril 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.