PM acusado de ajudar traficantes e transportar armas é preso no Rio

Um cabo da Polícia Militar foi preso em uma operação policial ontem para capturar traficantes do Complexo do Alemão que fugiram para favelas da zona oeste do Rio. Lotado no 27.º Batalhão, ele é acusado de facilitar a fuga dos traficantes por valores entre R$ 10 mil e R$ 20 mil. O cabo também faria o transporte de drogas e armas entre favelas da zona oeste e o Complexo do Alemão. Ele será indiciado e investigado por associação para o tráfico pela Polícia Civil. O nome do acusado não foi revelado.

Pedro Dantas, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

O policial foi preso pela 4.ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar no batalhão onde trabalhava e encaminhado para o Batalhão Especial Prisional (BEP).

Mortos. As operações da PM nas favelas da Coreia, em Senador Camará, e Vila Aliança, em Bangu, também na zona oeste, terminaram com dois supostos traficantes mortos, cinco detidos, nove veículos roubados recuperados, além de duas pistolas, uma granada e drogas apreendidas.

A Polícia Militar encontrou ontem em uma galeria pluvial uma pistola e drogas no Complexo do Alemão. A descoberta reforça a suspeita de que a tubulação foi usada como rota de fuga pelos criminosos. À tarde, com a ajuda de um cão farejador, PMs acharam 1. 280 pedras de crack na Favela da Grota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.