Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

PM acha R$ 30 mil com viúva de suspeito de liderar assalto no Morumbi

Dinheiro teria sido doado a ela pelo PCC para custear a cerimônia de enterro dos acusados

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

05 Setembro 2017 | 21h36

A Polícia Militar deteve ontem a mulher de um dos suspeitos de liderar o assalto no Morumbi que terminou com todos os acusados mortos, após flagrá-la com R$ 30 mil que teriam sido doados a ela pela facção Primeiro Comando da Capital (PCC) para custear a cerimônia de enterro dos acusados. A informação foi divulgada na tarde desta quarta pelo portal Uol

A mulher e uma amiga foram detidas por PMs de motos na Avenida Francisco Morato, na zona sul. Ao encontrarem o dinheiro, os policiais as levaram para o 34º Distrito Policial. 

Ali, a Polícia Civil transferiu o caso para o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). No Deic, as mulheres teriam informado a origem do dinheiro, que foi apreendido. Depois, acabaram liberadas. 


 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.